SEJA BEM VINDO AO FATOS FINAIS

Fique A vontade Para conhecer e se Informa

SEJA BEM VINDO AO FATOS FINAIS

Fique A vontade Para conhecer e se Informa.....

SEJA BEM VINDO AO FATOS FINAIS

Fique A vontade Para conhecer e se Informa....

SEJA BEM VINDO AO FATOS FINAIS

Fique A vontade Para conhecer e se Informa.....

SEJA BEM VINDO AO FATOS FINAIS

Fique A vontade Para conhecer e se Informa.....

Flúor é perigoso a saúde



Mesmo pequenas quantidades de flúor consumido na água encanada pode danificar seus ossos, dentes, cérebro, causar problemas de tiróide, reduzir o QI e causar câncer de acordo com a maior revisão de estudos sobre o flúor.

Associações dentais dos EUA e o Centro de Controle de Doenças afirmam que este relatório não teria relação com o flúor da água potável, mas as mesmas instituições recomendam que o leite em pó de bebês NÃO seja diluído em água da torneira.

Análises cuidadosas descobriram que o flúor está ligado a efeitos na tiróide, especialmente em pessoas com deficiência de iodo. Três especialistas do painel que analisou os estudos solicitaram publicamente o fim da adição de flúor na água potável.

Baixos níveis de hormônio da tiróide podem aumentar o risco de doença cardíaca, colesterol alto, depressão e menor inteligência nos bebês nascidos de mães com este problema. Foi encontrado “uma forte e consistente associação entre a exposição ao flúor e baixo QI”.

A questão primordial seria se a exposição ao flúor através de diversas rotas como produtos dentais, água e alimentos podem contribuir para desenvolver efeitos nocivos. Estudos posteriores também seriam necessários para descobrir qual dose de flúor pode aumentar o risco de problemas de desenvolvimento neurológico, câncer, fluorose dental e óssea, principalmente para pessoas mais sensíveis.

Quase dois mil profissionais assinaram uma declaração encorajando o Congresso dos EUA que pare com a adição de flúor na água até que a situação possa ser avaliada.

Nível de radiação aumenta misteriosamente em alguns países europeus



Suspeitas recaem sobre testes nucleares secretos na Rússia. 

O primeiro país a detectar um aumento no nível de radiação foi a Noruega. Depois seguiram-se Finlândia, França, Polônia, Alemanha, República Tcheca e Espanha. Todos registraram um crescimento moderado do isótopo radioativo conhecido como iodo-131 na atmosfera terrestre.

O iodo-131 é um elemento químico radioativo e nocivo para a saúde humana. Ele costuma aparecer após testes ou acidentes nucleares. Porém, nesse caso, não representou perigo por ter se tratado de uma quantidade muito reduzida dessa substância, e devido também à sua breve permanência no ar (o elemento se desintegra depois de 8 dias).

Rapidamente, alguns meios de comunicação acusaram a Rússia como a causadora desse fenômeno misterioso, pelo fato de terem testado secretamente uma arma nuclear no arquipélago de Nova Zembla, a noroeste do país. Mas essas teorias foram refutadas depois da confirmação de que não foi registrada nenhuma atividade sísmica na região e que outros isótopos, que costumam ser liberados na atmosfera em testes nucleares desse tipo, não estavam presentes.

Misteriosa esfera gigante é achada em floresta



Um arqueólogo alega ter descoberto a esfera de pedra mais antiga feita por humanos, que provaria a existência de uma civilização perdida.

O achado do cientista bósnio Semir Osmanagic, também apelidado de "Indiana Jones", ocorreu na cidade Zavidovici, em uma área de floresta da Bósnia e Herzegovina. 

De acordo com o The Telegraph, a esfera possui um alto teor de ferro e um raio de 1,2m a 1,5m. Osmanagic acredita que a pedra prova a existência de uma civilização perdida avançada, que remonta mais de 1.500 anos atrás. 

Segundo seu colega pesquisador, Sam Osmanagich, a região costumava ter muito mais esferas do tipo até o século 20. Porém, muitas foram aparentemente destruídas na década de 70, pois acreditava-se que havia ouro escondido no seu interior. No meio científico, nem todos concordam com a teoria de Semir Osmanagic. 

O pesquisador Mandy Edwards, da Escola de Ciências Ambientais, Atmosféricas e da Terra da Universidade de Manchester, disse ao Mail Online que a rocha não parece ter sido produzida pelo homem. Para ele, trata-se de uma esfera formada pela "precipitação de cimento mineral natural dentro dos espaços entre os sedimentos grãos "- um processo conhecido como concreção.

Estamos à beira de um tremendo terremoto ... ou algo muito pior?


Yellowstone

Um forte aumento nas atividades sísmicas em dois lugares nos Estados Unidos tem especialistas preocupados com a possibilidade de um terremoto maciço ... ou algo exponencialmente pior - a erupção potencial do Yellowston Supervolcano.
A pressão na falha de San Andreas está aumentando.
Mac Slavo escreveu sobre os sinais de alerta na falha de San Andreas, a 100 milhas fora de Los Angeles.
Um estudo publicado no início deste ano concluiu que a terra de cada lado da falha de San Andreas tem empurrado contra a outra a uma taxa de mais de 1 polegada por ano desde 1857, e as tensões entre as placas acabaram por descartar.
"Então, você espera que essa quantidade de acumulação de energia seja lançada no futuro em uma grande ruptura de magnitude, em algum lugar ao longo do San Andreas", disse a geóloga de pesquisa do USGS e estudou a autora principal Kate Scharer.
A sismóloga Lucy Jones prevê que um terremoto de San Andreas que comece no Mar de Salton pode ser tão forte como um 8.2 se conseguiu todo o caminho para Paso Robles.Aquele poderoso de um terremoto pode resultar em grandes perdas de vidas e danos. Um terremoto de 8,2 produziria muito mais energia do que o produzido pela bomba nuclear lançada em Hiroshima. Fonte )
Para piorar as coisas, é possível que este não seja um incidente isolado. Um terremoto ao longo da falha de San Andreas poderia desencadear um terremoto ao longo da falha de Hayward, que atravessa a área altamente povoada da baía de São Francisco.
Mas, tão terrível que pareça esse cenário, poderíamos ter problemas ainda maiores.
Houve centenas de terremotos em Yellowstone nesta semana.
Um enxame de terremotos no icônico Parque de Yellowstone tem cientistas em alerta. O US Geological Survey reportou cerca de 300 terremotos desde a segunda-feira passada. Por si só, isso não seria incrivelmente preocupante.
Mas qualquer um que já tenha conduzido através de Yellowstone e testemunhou a atividade térmica natural em todo o parque fica plenamente consciente de que eles estão dirigindo sobre um enorme bolso de lava derretida ... um supervolcano. Este vídeo explica exatamente o que se encontra no Parque Nacional de Yellowstone.

LÍDER DO ESTADO ISLÂMICO ESTÁ VIVO E ESCONDIDO NA SÍRIA, AFIRMA AUTORIDADE CURDA


Resultado de imagem para Abu Bakr al-Baghdadi

De acordo com a Reuters, uma notória autoridade curda que atua no combate ao terrorismo disse, nesta segunda-feira (17), que há quase total certeza que Abu Bakr al-Baghdadi, líder do Estado Islâmico (EI), está vivo.

Ainda, de acordo com a agência de notícias, Abu estaria ao sul da cidade síria de Raqqa. As especulações e afirmações de que o líder estava morto existem desde 2014 e ganharam força na última semana de julho, principalmente por meio do Observatório sírio.

“Baghdadi está definitivamente vivo. Ele não está morto. Nós temos informações de que ele está vivo. Nós acreditamos 99 por cento que ele está vivo”, disse Lahur Talabany em entrevista à Reuters.

Lahur, durante a entrevista, também fez um alerta. “Não se esqueça que suas origens datam dos dias da Al Qaeda no Iraque. Ele estava se escondendo dos serviços de segurança. Ele sabe o que está fazendo”.

“Ele agora é um fugitivo, mas ainda um inimigo forte. Ele não é uma figura fácil. Ele tem anos de experiência em se esconder e em escapar de serviços de segurança”, disse Talabany, que tem trabalhado no combate ao EI.

Dados do aquecimento global falsificados pelo governo para atender mudanças climáticas


Um dos principais cientistas envolvidos no escândalo do Climategate agora admite que não existe Aquecimento Global desde 1995!
A chave para compreendermos a profundidade da mentira do Aquecimento Global, que tem sido empurrada pela nossa goela abaixo nos últimos trinta anos é simples; tudo que temos de fazer é verificar o que disse o autor de Nova Era William Cooper em seu livro Behold a Pale Horse. A seguinte declaração sucinta nos diz tudo o que precisamos saber sobre a magnitude dessa mentira global.
"As sociedades secretas estavam planejando, já em 1917, inventar uma ameaça artificial..., de modo a colocar a humanidade sob um governo global que eles chamam de Nova Ordem Mundial." [William Cooper, Behold a Pale Horse, leia a resenha].
Quais são os cinco grandes desastres globais criados pelos Illuminati a fim de levar o mundo para dentro da Nova Ordem Mundial?
Aquecimento Global.
Guerra Global (Terceira Guerra Mundial).
Desastre Econômico Global — acontecerá assim que a Terceira Guerra Mundial começar.

"Willian Cooper é o locutor de rádio mais perigoso da América do Norte."

As futuras gerações terão dificuldade em compreender o pânico irracional que se espalhou no fim do século XX sobre um ilusório aquecimento global, escreveu “The Telegraph”
Uma das coisas de que mais rirão – para vergonha nossa – é a ausência de dados científicos objetivos que justifiquem esse temor.

Mas a consternação será geral quando virem que esses dados foram falseados por alguns dos mais influentes centros de pesquisa climática da época. O auge da recusa será para o gráfico das temperaturas da superfície planetária conhecido como “hockey stick”, endossado pelo IPCC e por múltiplos centros científicos infiltrados de militantes “verdes”. 

Segundo o jornal britânico, o respeitadíssimo NOAA’s US Historical Climatology Network (USHCN) mostrou que o movimento aquecimentista veio “ajustando” os dados nos últimos anos para substituir as temperaturas reais por temperaturas “fabricadas” através de modelos computacionais.

A tarefa de adulteração consistiu em diminuir as temperaturas de décadas anteriores e exagerar as de décadas recentes para dar a impressão de que a Terra estava se aquecendo muito mais do que o previsto.
Quando as empresas farmacêuticas são pegas falsificando dados de ensaios clínicos, ninguém se surpreende mais.



Quando os fabricantes de vacinas injetam suas amostras de testes em seres humanos com anticorpos de animais para se certificar que suas vacinas são boas, todos nós entendemos que é como eles fazem seus negócios: mentir, enganar, e violar a lei.

Agora, no que pode ser a maior fraude científica já descoberta, a NASA e a NOAA foram pegas em flagrante alterando dados históricos de temperatura para produzir uma falsa mudança climática" que desafia a realidade. Esta constatação, originalmente documentada no site Ciência Real  ,  é detalhado aqui. Sabemos agora que os dados históricos da temperatura para nos Estados Unidos foram deliberadamente alterados pelos cientistas da NASA e NOAA em uma tentativa politicamente motivada de reescrever a história e reivindicar o aquecimento global . 

Os dados mostram realmente que estamos em uma tendência de arrefecimento , não uma tendência de aquecimento (ver gráficos abaixo). Esta história está a começar a quebrar em todo o mundo agora mesmo através da mídia, com o relato do The Telegraph agora (1), US Historical Climatology Network da NOAA (USHCN) tem sido ajustado" o seu registro, substituindo as temperaturas reais com dados fabricados" por modelos de computador. "Porque o registro da temperatura histórica real não se encaixa no frenético, a narrativa do fim do mundo e do aquecimento global está sendo liderada hoje no cenário político, os dados foram simplesmente alterados usando "modelos de computador" e depois publicada como fato.

Prova da fraude da mudança climática

Aqui está o gráfico das temperaturas dos EUA divulgados pela NASA em 1999, mostra as temperaturas mais elevadas, na verdade, ocorreram na década de 1930, seguido de uma tendência de resfriamento, para o ano de 2000: 

A autenticidade desta carta não está em questão. Ela é publicada por James Hansen no site da NASA. (2) Nessa página, Hansen ainda escreveu:

 A evidência empírica não se presta muito apoio à noção de que o clima é dirigido precipitadamente para o calor e a seca mais extrema.

" Após a administração Obama tomou posse, no entanto, e começou a empurrar o aquecimento global narrativo para fins políticos, a NASA foi direcionada para alterar seus dados históricos, a fim de inverter a tendência de arrefecimento e mostram uma tendência de aquecimento em seu lugar. 

Isto foi realizado utilizando computadores de modelagem climática que simplesmente fabricou os dados, os pesquisadores desejavam ver em vez do que realmente estava acontecendo no mundo real. 

Usando os mesmos dados encontrados no gráfico apresentado acima (com alguns anos de dados adicionais após 2000 ), a NASA conseguiu distorcer enganosamente o gráfico para descrever a aparência do aquecimento global: A autenticidade desta carta também não está em questão. 

Ela pode ser encontrada agora nos servidores da NASA. (4) Este quadro novo alterado mostra que dados históricos - especialmente o calor severo e secas que na década de 1930 - são agora sistematicamente reprimida para fazê-los parecer mais frio do que realmente eram. Ao mesmo tempo, dados de temperatura de 1970 a 2010 são fortemente exagerado para fazê-los parecer mais quente do que realmente eram. Este é um caso claro de fraude científica que está sendo realizado em grande escala, a fim de enganar o mundo inteiro sobre o aquecimento global.

Dados da EPA também confirmam o embuste do aquecimento global
O que é ainda mais interessante é que os dados ainda da EPA "Índice Heat Wave" continuam a apoiar a noção de que os EUA estavam muito mais quente em 1930 do que é hoje. O gráfico a seguir, publicado no site da EPA.gov (4), mostra claramente que ondas de calor dos dias de hoje são muito menores e menos graves do que os de 1930. Na verdade, as aparentemente "extremas" ondas de calor dos últimos anos não eram piores do que as do início de 1900 ou 1950.

Práticas agrícolas  cegas provocam mais aquecimento global do que o CO2

Vendo este gráfico, você pode se perguntar como as temperaturas extremamente altas da década de 1930 surgiram. Fomos liberando muito CO2 pela queima de combustíveis fósseis? Não. Todo Esse episódio inteiro de aquecimento e seca em massa foi causado por práticas agrícolas convencionais que cortaram florestas, envenenaram os solos com produtos químicos e araram o solo superior.. Falta de árvores para reter a umidade, áreas que já foram prósperas planícies, savanas e florestas viraram deserto. De repente, os efeitos de resfriamento de umidade da transpiração de plantas do ecossistema saudável ​​foi perdido, causando temperaturas extremas e seca mortal. Práticas agrícolas míopes, em outras palavras, realmente causa o "aquecimento", enquanto uma restauração de um ecossistema mais natural inverteu a tendência e resfriou a região.

O reflorestamento é a resposta

Isso nos leva à solução simples, óbvio para tudo isso. Se você quer esfriar o planeta, foca no esforço do reflorestamento . Se você quer reter a umidade e manter seus solos vivos, você precisa de diversos ecossistemas à base de plantas, e não campos executando operações de monocultura. Florestas agem como esponjas que absorvem a água da chuva, e, em seguida, elas voltam e soltam lentamente a água de volta para o ar, "hidratando" a atmosfera e os níveis de umidade, mantendo altos o suficiente para suportar outras próximas gramíneas, arbustos e plantas. Como tem sido feito em todo o mundo para dar espaço para a agricultura mecanizada - você efetivamente eleva a temperatura, eliminando a natureza da planta de retenção de água e sistemas de refrigeração.

A agricultura industrializada, em outras palavras, já foi historicamente mostrado para aumentar radicalmente as temperaturas continentais e "quente" da região. Então, por que a Casa Branca não está alertando o mundo sobre os perigos da agricultura industrializada? Resposta: Porque não cumpre qualquer coisa que é politicamente importante para esta administração. É muito mais importante usar o falso pânico do aquecimento global para fechar usinas a carvão limpo (usinas de carvão dos EUA são muito mais limpo que o da China) e conduzir a população a um estado de obediência subserviente por meio de táticas de intimidação do fim do mundo.

Agora nós sabemos conclusivamente que o governo está mentindo sobre o aquecimento global

Como ambientalista, estou sempre preocupado com as emissões de poluentes e, especialmente metais pesados ​​sendo jogados na atmosfera. Mas eu também aprendi ao longo dos anos em que quase tudo o que o governo federal promove de forma agressiva para o público é uma mentira descarada. Raramente qualquer coisa parecida com a verdade nunca sai de Washington D.C.

Essas pessoas são especialistas em mentir com má ciência , escondendo suas decepções por trás da capa de "pensamento científico" e fazendo afirmações bizarras, como dizendo que quem não acredita que os seus dados fabricados devem também acreditar que a Terra é plana. Lembre-se, as pessoas que estão dizendo que os combustíveis fósseis queimando está causando o aquecimento global são as mesmas pessoas que também falam que mercúrio em vacinas é seguro para injetar em quantidades ilimitadas, toxinas em OGM são seguras para comer, a quimioterapia funciona muito bem para pacientes com câncer e que não há tal coisa como qualquer alimento ou nutriente que previne a doença.

Estas são as mesmas pessoas do governo que constroem redes maciças de bunkers subterrâneos e cavernas em completo sigilo ao reivindicar publicamente que essas preppers são os teóricos da conspiração. É o mesmo governo que mentiu sobre a execução de experiências médicas desumanas em prisioneiros através dos Institutos Nacionais de Saúde, em seguida, foi pego e teve que pedir desculpas décadas mais tarde. Se você acha que este mesmo governo está dizendo a verdade sobre o aquecimento global, provavelmente você precisa ter sua cabeça examinada. Mas não por um psiquiatra licenciado pelo governo, ou ela vai dosar sua cabeça cheia de medicamentos psiquiátricos que fazem você perder muito de sua função cognitiva, você vai realmente começar a acreditar transmissões da CNN.

http://www.naturalnews.com/045695_global_warming_fabricated_data_scientific_fraud.html

A Bíblia de R$ 73 milhões em que Jesus teria previsto a vinda de Maomé



A Bíblia secreta em que Jesus teria previsto a vinda do profeta Maomé para a Terra está despertando sério interesse do Vaticano.

Especula-se que o suposto livro de 1.500 anos de idade seria o Evangelho de Barnabé. A obra teria sido escondida pelo governo turco nos últimos 12 anos. Com letras manuscritas em ouro e escrita em aramaico, o livro é avaliado em 14 milhões de libras esterlinas (R$ 73 milhões). 

Somente uma fotocópia de uma única página do manuscrito é estimada em 1,5 milhão de libras (R$ 7,8 milhões). O ministro de Cultura e Turismo da Turquia, Ertugrul Gunay, disse que o livro poderia ser uma versão autêntica do Evangelho, que foi censurada pela Igreja Cristã por seus fortes paralelos com a visão islâmica de Jesus. Ele também disse que o Vaticano fez um pedido oficial para ver a escritura. 

A Bíblia de R$ 73 milhões em que Jesus teria previsto a vinda de Maomé

De acordo com a crença islâmica, o Evangelho trata Jesus como um ser humano e não um Deus. Ela também rejeita as ideias da Santíssima Trindade e da Crucificação e revela que Jesus predisse a vinda do Profeta Maomé. Em uma versão do Evangelho, acredita-se que Jesus teria dito a um sacerdote: "Como o Messias deve ser chamado? Maomé é o seu nome abençoado". 

E em outro, Jesus negou ser o Messias, alegando que ele ou ela seria ismaelita, o termo usado para um árabe. 

Apesar do interesse no livro recém redescoberto, alguns acreditam que o livro é uma farsa e remonta ao século 16. Apenas uma verificação científica poderá verificar com certeza qual a idade da obra e acabar com as dúvidas.

Proxima → Página inicial